top of page
  • barbosaadvsite

O DESPRETIGIO DA ADVOCACIA E DOS ADVOGADOS

Os advogados nunca estiveram tão desprestigiados como nos dias atuais. Todas as mazelas do Judiciário são deslocadas para os ombros da advocacia, como se a mesma fosse a responsável pelos desmandos do Poder Público com a Justiça. Se o processo demora colocam, sem qualquer análise, a culpa no excesso de recursos, como se fosse verdade. Entretanto, cumpre realçar que se o processo demora a culpa não é dos advogados, e sim, do judiciário desaparelhado e carentes de profissionais, tanto no campo dos serventuários como no número reduzido de juízes, bem como nas Varas criadas e não instaladas por falta de pessoal. Por isso, o processo vai se arrastando e pondo-se a culpa nos advogados que recorrem das sentenças mal elaboradas, até mesmo por falta de tempo material dos juízes de Primeira Instância. Os Juízes sempre contam com os advogados para agilizar os processos de suas Varas. Todavia, a consideração com os advogados é nenhuma, basta chegar um advogado atrasado, minutos que sejam, para uma audiência, o mundo desaba sobre sua cabeça, pois no mínimo será considerada falta de zelo, pois, onde já se viu um causídico chegar minutos atrasados, deixando sua excelência esperando. Contudo, os advogados permanecem minutos, horas e horas aguardando ser chamado para uma audiência previamente marcada com horário distinto da realização da mesma. E a nossa querida Seccional de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil silente, apática, quem sabe, tratando de outras questões, esquecida do exercício profissional dos advogados guerreiros sofredores do dia a dia do Fórum. Não se tem conhecimento de uma reunião entre o Presidente da OAB/SP e o Presidente do TJ/SP para tratar de assuntos sérios relacionados com a Justiça que cada dia se afasta mais do Povo. Basta verificarmos o Peticionamento Eletrônico, sem as devidas salva guardas e alternativas para o cidadão. Por exemplo: caso o sistema saia do ar ou não funcione como tem ocorrido, o que acontecerá com os advogados que não conseguiram interpor o recurso e o prazo se exauriu. E seus clientes qual atitude tomarão, posto que não houve alternativa para o cumprimento do prazo recursal. O desrespeito com os advogados é tão grande que o TJSP baixou uma Resolução nos seguintes termos: mesmo que os advogados estejam na fila às 19h00min horas o expediente será encerrado. E aqueles que chegaram às 18h00min horas com um recurso, dentro do prazo fatal, e fila não andou? Ele será responsabilizado pelo cliente mediante indenização, previsto no Estatuto? Ora, a culpa foi da fila, ele chegou a tempo de protocolizar. E a Seccional oficiando o Tribunal, sem tomar uma atitude drástica em defesa da Classe. Vamos à rua como fez a população recentemente, vamos ousar como disse o Papa, mas não aceitemos essa passividade e apatia da nossa entidade. Temos que, dentre as preocupações da nossa Seccional de São Paulo/OAB, a primeira deveria e tem que ser com o exercício do mister do advogado no seu dia a dia, pois, através dele estará defendo em cada ponto do Estado, de maneira inquestionável, à Cidadania. Faço uma conclamação para a Classe dos Advogados: venham somar conosco nessa luta que travamos junto com a FADESP – Federação das Associações dos Advogados do Estado de São Paulo, site: www.fadesp.adv.br



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page